domingo, 15 de janeiro de 2017

Memória timesdors: Fotos antigas do Futebol de Guaporé

     Guaporé é um município localizado na Serra Gaúcha, distante 195 km da capital, Porto Alegre. Emancipou-se em 11 de dezembro de 1903. Em 2016 contava com aproximadamente 25 mil habitantes e suas principais atividades estão ligadas a produção de lingerie e semijoias.
     No futebol teve um único representante no futebol profissional, o Grêmio Esportivo Juventude que está inativo desde os primeiros anos da década de 1980. Seu estádio, o General Ernesto Dornelles encontra-se ainda em boas condições de conservação e hoje abriga o Campeonato Municipal de Futebol, que é disputado em duas divisões.
     Ao longo da história várias equipes ganharam notoriedade no futebol local, como o Grêmio Esportivo Independente, que foi o principal rival do Juventude e que possuía seu próprio reduto chamado de "Estádio da Montanha", que na década de 1980 foi encampado pela Prefeitura Municipal e hoje está totalmente depredado, não havendo mais espaço para reativação do campo. Isso tudo enfraqueceu o clube, que até o começo desta década disputou o Campeonato Municipal.
    Destacaram-se também, os primeiros clubes da história de Guaporé: o Sport Club Riograndense, Tabajara, Juvenil, Botafogo e Guaporense; e mais tarde a SER Santa Cruz e o SC Mundo Novo; e atualmente Botafogo, Palmeiras FC e a AE São José que ostenta o título de decacampeã municipal.
    A personalidade mais conhecida do futebol local é o ex-jogador e atualmente técnico Renato Portaluppi, que iniciou sua carreira, pelo Esportivo de Bento Gonçalves e logo se transferiu para o Grêmio, aonde conquistou a Libertadores e Mundial Interclubes.
    No futsal a AGE - Agremiação Guaporense de Esportes é um clube de muita tradição no salonismo estadual.

Apolo 8 que disputou torneio na Linha Décima: Da esquerda para a direita: em pé: Nélio, Mario Marroco, Arlindo, Antonio Robetti, Paulo, Geraldo Bidese, Vitor Donin, Lirio Carpenedo (Treinador-in memoriam). Agachados: Getúlio Verardi (Gingilin), Alvino Brunetto, Maneco, Euclides Sgorla, Celso Robetti, Coqueiro, Edgar Tramontina e Boccardi (mascote)

Barcelona em 2014.

Sport Club Botafogo em 1937.

Equipe da Ford na década de 1970.

Foto colorida do Grêmio Esportivo Juventude.

Jogadores do GE Independente na década de 1950.

Outra foto do GE Independente.

Independente de Guaporé, no final da década de 50, a partir da esquerda, em pé, Toreca Costi, Mosquito, Roberto Bachi, (goleiro não identificado), Lady Belio, (jogador não identificado), José de Rossi, Danúncio Dall Pizzol, agachados a partir da esquerda, Ari Reginatto, Darcy Bresolin (meu pai), Téio Messa, Parmeggiane, Casagrande, Reginatto.

Foto do GE Independente campeão municipal de Guaporé.

Uma das primeiras formações do alvi-branco de Guaporé, GE Juventude.

Equipe profissional do GE Juventude que disputou o certame profissional na década de 1970.

Grêmio Esportivo Juventude. Em pé. o terceiro a partir da esquerda Sargento, Cansian, Fincatto. Agachados: Darcy Varela, Nelson Varela, Politta, Rostirolla.

Grêmio Esportivo Independente, o rubro-verde guaporense, na década de 1960.

Grêmio Esportivo Juventude na década de 1950.

A extinta equipe do Juvenil em 1947.

Mundo Novo de Guaporé, Claimor Zortéa, Joao carlos Alhevi, Baiano, Ari Girelli, Roberto Fronza, Valmor Alessio, Tatão, Valmor Baldissera, Ademir Pandolfo, João Fredo, Sergio Cokes e Faé.

Time desconhecido de Guaporé em 1925, um dos primeiros registros fotográficos do futebol da cidade.


Santa Cruz de Guaporé em 1976 - Professor Amaury Cechin, Sérgio Pierozan (Bodoque), Mario Chiela, Laércio Dal Mas, Tailor Massuco, Marinho, Jair Meneghon (Botchão), Valcir Pedro Biriva, Franisco Marroni (Tchesca), Luiz Zeni, Calza e Milho Verde.
Fontes:
- Facebook Fotos Antigas de Guaporé
- Arquivo pessoal de Telmo Paravisi Machado

Nenhum comentário:

Postar um comentário