terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Memória timesdors: Equipes extintas de Bagé - Parte I

Memória timesdors: Equipes extintas de Bagé - Parte I
     
      Na década passada, o Jornal Minuano de Bagé trouxe um resgate fotográfico de equipes do futebol da cidade que se perderam no transcorrer do tempo. Fotos raras e informações únicas para aqueles que gostam de reviver o passado do nosso futebol. Vale a pena conferir.

Aeroporto
     O time do Aeroporto, que existiu durante muito tempo na cidade. A foto da equipe data de 1972 e foi cedida à editoria de esportes do Jornal Minuano de Bagé por Geraldo Granato, ex-atleta também de futsal, com passagem pela radiofonia bageense como narrador e repórter esportivo.

A tradicional equipe do Aeroporto em formação no ano de 1972



Bar Mariza

      Numa delas, aparece a equipe do Bar Mariza, de propriedade do “seu Kalil”, um simpático comerciante, que teve negócios no centro da cidade, na avenida Sete de Setembro (em frente à Rádio Cultura) e também na rua Dr. Penna, na então Praça Duque de Caxias. Essa equipe jogava com uniforme igual ao São Paulo FC de São Paulo, nas cores vermelho, preto e branco.


Equipe do Mariza: em pé, Kalil, Poti, Clóvis Pintinho, Jorginho, Faeco, Ramão Aragon e Bola; agachados, Casca, Tenório, Léo Rocha, João Damasceno e Serafim
Grêmio Esportivo América

      A terceira foto a ilustrar esta matéria mostra o Grêmio Esportivo América, fundado por Constantino “Curto” Monteiro, que foi destaque no seu tempo no cenário do amadorismo local. A fotografia é de um jogo do América em São Gabriel, no dia 30 de maio de 1970.

Grêmio Esportivo América de Bagé em 1970
 Ba-Gua



Na temporada de 1966 ou 1967 - Onir Luís Vitório da Rosa não sabe precisar - o time chamado “Ba-Gua” reunia um grupo de atletas locais, contando com o apoio de ex-profissionais.
     A foto mostra, em pé, da esquerda para a direita, Saul Mujica (que foi lateral da dupla Ba-Gua e hoje reside em Porto Alegre, Juraci Orabe (falecido), Betão (mora na Capital), Coelho, Onir, Barradinhas ( ex-jogador da dupla Ba-Gua e do Inter de Porto Alegre e já falecido), Pedro Cogoy (ex-profissional da dupla e que mora em Bagé) e Athayde Tarouco (ex-jogador de Bagé e Guarany, de que também foi treinador, falecido em 1982). Agachados, Ero Brito, Zé Barriga, Toco (os três já falecidos), Eusébio Tavares (que mora em Bagé) e Portinho (empresário no Cassino).

 Fonte: Jornal Minuano, edições de 2006 a 2009.

2 comentários:

  1. Infelizmente o jornal não mencionava as cores. Pelas fotos percebemos que o Bagua era rubro-negro. o Bazar era vremelho, branco e preto.

    ResponderExcluir