domingo, 10 de janeiro de 2016

EC Passo Fundo - 30 anos

     Neste dia 10 de janeiro o Esporte Clube Passo Fundo comemora trinta anos de atividades no futebol gaúcho. Nascido da fusão (não patrimonial) do Sport Club Gáucho, que lhe emprestou a cor verde e do Grêmio Esportivo e Recreativo 14 de Julho, que lhe ofertou o vermelho, o tricolor iniciou suas atividades em 1986, mas desde o início da década de 1980 a possibilidade de fusão já havia sido aventada. Reuniões entre dirigentes das duas agremiações profissionais e membros da administração municipal aconteciam rotineiramente. Pensava-se no momento que a única saída para o futebol de Passo Fundo era a junção de forças entre Gaúcho e 14 de Julho. Inclusive no ano de 1982 havia sido escolhido o nome de União Passo Fundense de Futebol. O local das primeiras conversações foi a sede campestre do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil.
      Oficializada a fusão, o Esporte Clube Passo Fundo entrava em campo para disputar a Segunda Divisão estadual, mandando seus jogos no antigo Estádio Wolmar Salton. O reduto periquito continuava com a fachada do antigo clube e todo pintado de verde, sinal que a  parceria não era assim tão consolidada. Nos lados do Vermelhão era a mesma coisa..
     Dentro de campo a equipe se saía muito bem. Conseguiu o título da Segundona de 1986 ao derrotar na final o EC São José de Porto Alegre. Ao final do ano os dirigentes do Gaúcho anunciavam que se retirariam e o periquito iria disputar a Segundona de 1987.
     O EC Passo Fundo estava na elite do Campeonato Gaúcho, a Federação Gaúcha informa ao clube que caso o clube voltasse a se chamar 14 de Julho perderia a vaga, por isso o clube o mantém até hoje.
     Se voltarmos a quase um século na história,  o Esporte Clube Passo Fundo, o tricolor do Bairro São Cristóvão, teve sua origem em 1918 com o Grêmio Foot-Ball Club que  poderíamos dizer ser uma espécie de avô do atual clube. Esta equipe deu origem ao Grêmio Sportivo 14 de Julho em 1921 e que por sua vez transformou-se em ECPF em 1986.
     Equipes fortes foram montadas, principalmente em 1989 e 2000, onde o clube chegou a figurar entre os melhores do estado. Jogadores como o atacante Felipe, duas vezes artilheiro do Campeonato Gaúcho pelo tricolor; Leocir (hoje técnico); Cláudio Freitas; Paulo Gaúcho; o meia Ernestina, revelado no clube; Souza (ex-grêmio, São Paulo e Seleção Brasileira); Kita (também ex-Seleção Brasileira) foram os principais jogadores na história do clube
      Em 2004 o clube resolveu voltar às origens, utilizando de maneira oficial apenas o vermelho e branco. A ideia durou apenas 3 anos, sendo readotada a cor verde em 2007.
      Hoje o Passo Fundo conta com uma das melhores estruturas físicas e um dos maiores patrimônios entre os clubes de futebol do Rio Grande do Sul, disputa a principal categoria do estado e tem planos de conquistar vaga à Série D do Campeonato Brasileiro. 

Nossos sinceros votos de Feliz Aniversário a todos do Esporte Clube Passo Fundo!

EC Passo Fundo em dezembro de 1998

Esporte Clube Passo Fundo de 1986.


Plantel e diretoria no Vermelhão da Serra em 1993.

Uma das melhores formações do EC Passo Fundo, a de 1994 com Kita, Leocir Dallastra, Daniel Coracini.





Jornal da época em que ocorreu a fusão das duas agremiações. Fonte: Jornal O Nacional

Nenhum comentário:

Postar um comentário